Isso precisa acabar

por: Lucia Malla Animais, Antigos, Ásia, Ilhas Marshall, Micronésia, Tubarões

André voltou ontem da expedição científica nas Ilhas Marshall. E trouxe más notícias.

Caminhonete carregada de tubarões mortos com as barbatanas cortadas em Majuro, capital das Ilhas Marshal. A revolta: provavelmente essas carcaças serão jogadas no lixo, pois a única coisa valorizada do bicho é a maldita barbatana. E essa é uma atividade ILEGAL.

Essa matança precisa acabar.

A pergunta que não quer calar: será que se cortássemos as pernas dos indivíduos que colaboram com esse tráfico de barbatanas e assim eles não pudessem mais andar, portanto não conseguiriam se alimentar mais e morreriam de fome… será que essas pessoas entenderiam o problema?

Presente de Natal utópico (infelizmente) para a Lucia Malla:

Papai Noel, traz consciência ecológica pros asiáticos! Pelo menos para que eles não sejam os responsáveis número 1 pelo desaparecimento desse grupo FUNDAMENTAL ao equilíbrio do ecossistema marinho no planeta. Porque, no final das contas, sem tubarão = sem vida adequada ao ser humano nas futuras gerações… lembrem-se disso.

Barbatana de tubarão não é afrodisíaco nem aqui nem na China – muito menos lá.



90
×Fechar