Orelhões do Brasil

Todo mundo tem uma bizarrice de viagem, um comportamento ou mania qualquer que o marca durante a travessia. Ou, pelo menos quero acreditar que todo mundo tem. Afinal, não quero me sentir sozinha nessa loucura saudável. Tem gente que coleciona ímãs de geladeira, outros pequenas pedras de rua. Já vi até quem comprasse elefantinhos (!!) em cada viagem. Tenho várias dessas bizarrices, e uma delas é… fotografar orelhões. Os velhos telefones públicos, tão em desuso depois do advento do celular.

Orelhão de berimbau, em Salvador (BA).

Orelhões do Brasil

E, no Brasil, os orelhões são, sem dúvida, os mais divertidos do mundo. Não sei de quem foi a idéia criativa, nem onde começou. O primeiro que vi foi em 1995 em Porto Seguro, na Passarela do Álcool. O famoso orelhão de coqueiro, cuja foto não acho em meus arquivos – deve ter ficado para trás em algum álbum…

Não conheço muitas pessoas com tal “mania”. Pra mim, é uma boa diversão em extinção. Aqui na Coréia, por exemplo, é bem difícil encontrar um telefone público, já que a maioria das pessoas usa celular. O que me dá uma certa tristeza. De certa forma, os orelhões têm um pouco da cara das cidades onde estão. Perdê-los, portanto, me faz sentir um pouco como se as cidades estivessem perdendo um pouquinho da identidade de uma época. Esse site, por exemplo, mostra fotos de telefones públicos pelo mundo. Por conseguinte, dá para tirar uma conclusão visitando-o: os orelhões brasileiros são os mais divertidos do planeta.

Compartilho abaixo uma alegre e minúscula coleção de fotos de orelhões que tirei em alguns lugares do Brasil, pra diversão de todos. Semelhantemente, alguém já esbarrou sem querer em algum desses por aí?

Orelhões do Brasil

Esses dois orelhões (marlim azul e conchas) ficam em Vila Velha, no Espírito Santo. Ademais, a super-modelo na foto do orelhão-marlim azul é a mãe mais linda do mundo! 🙂

Orelhões do Brasil

Orelhões de Bonito (MS), uma das cidades com maior concentração dessas esculturas telecomunicativas no Brasil.

Ligando do orelhão-chapéu bávaro no meio do pavilhão da Oktoberfest em Blumenau, Santa Catarina.

“Alô? Só estou ligando pra dizer…

Tudo de bom sempre pra vocês.” 🙂

P.S.



140
×Fechar