10 anos rarefeitos

por: Lucia Malla Esportes, Livros, Montanhismo

Parece que foi ontem que eu li a história na Veja. Mas já se passaram 10 rarefeitos anos.

Hoje faz 10 anos da maior tragédia everestiana de todos os tempos, que custou em um só dia a vida de oito alpinistas. Deixou outros tantos feridos e/ou marcados para sempre. Mudou a forma, a perspectiva e a filosofia com que as expedições à montanha mais alta do planeta são elaboradas e executadas desde então. Tragédia relatada com primor realista no clássico livro de Jon Krakauer No Ar Rarefeito” (“Into thin Air”, em inglês, um dos meus prediletos de todos os tempos). O livro gerou muita discussão e controvérsia na época. Foi reportado em parte pelo magnânimo-superbo-máximo-fabuloso-incrível-premiadíssimo documentário em IMAX “Everest”, de David Breashers, virou filme tosco de TV e até estudo científico de psicologia. Ainda hoje, leva muitas pessoas a refletir sobre a importância de escolhas feitas sob pressão. Reflexão esta da forma mais crua e dura possível.

A todos aqueles que se aventura(ra)m pelos ares rarefeitos das montanhas do Himalaia, buscando, acompanhando ou ajudando a realização de sonhos: minha admiração, carinho e respeito.



317
×Fechar