Dê tempo ao tempo

por: Lucia Malla Esportes, Futebol

Dê tempo ao tempo. Em 1998, no jogo da final Brasil X França da Copa do Mundo, Ronaldo não fez gols porque passara mal antes do jogo. Com isso, deixou então 180 milhões de corações desolados, que o massacraram com um trator de críticas. 4 anos depois, sua redenção veio na forma de 2 gols na final contra a Alemanha e uma taça de pentacampeão para a nação brasileira.

Em 2002, a Coréia do Sul chegou às semi-finais, após uma partida nas quartas oitavas contra a Espanha. Nesta partida, lembro bem, o time europeu teve gol anulado e outras viagens na maionese da arbitragem. E aquela foi, para mim, a pior arbitragem já vista num jogo de Copa do Mundo. Hoje, a Coréia perdeu para a Suíça a vaga nas oitavas da Copa… Depois de um impedimento não-marcado, um erro de arbitragem.

Os exemplos são inúmeros e acontecem a todo momento. Em futebol, o tempo é o rei: para consertar injustiças cometidas ou desbancar heróis consagrados sob cortinas de fumaça.

Futebol é uma história passada em 90 minutos. Portanto, a Copa é uma vida passada em 4 anos. São, enfim, muitos 90 minutos de histórias para contar…

Rede de futebol - Dê tempo ao tempo

Tudo de bom sempre.



169
×Fechar