Namdaemun em chamas

por: Lucia Malla Antigos, Ásia, Coréia do Sul

Ontem, o Namdaemun Gate (também chamado de Sungnyemun Gate), símbolo nacional número 1 da Coréia, pegou fogo. Completamente destruído. Ainda não se sabe ao certo se o incêndio foi criminoso ou acidental. Mas seja o que for, é triste, muito triste.

Triste porque faz parte da paisagem de Seul como o Pão-de-Açúcar faz parte do Rio. Você passa pelo downtown Seul, e o Naemdaemun está lá, te lembrando um pouco da arquitetura coreana das dinastias, do choque entre o velho e o novo – ao redor do portal, apenas arranha-céus, mas ele está lá, símbolo de um passado do qual todo coreano se orgulha. O Namdaemun Gate fica no meio de uma rotatória, na interseção de grandes avenidas que escoam o trânsito da cidade, um marco de uma cidade que não esquece seus antepassados. Ele já havia sido reconstruído em 1963, depois de destruído pelas inúmeras invasões que a cidade sofreu. Mas vê-lo como ficou agora… é de cortar o coração.

Passei por ele inúmeras vezes, a maioria delas com pressa, indo para algum compromisso. Mas de rabo de olho, sempre o admirava, imponente que estava em meio ao caos urbano.

Robert Koehler publicou fotos do antes e depois do fogo em seu blog. As fotos do Memorial que ele preparou são simplesmente lindas.

Tudo de melhor para os sul-coreanos que hoje perderam seu símbolo arquitetônico.



111
×Fechar