Pequenas anotações de viagens virtuais 29

por: Lucia Malla Antigos, Blogosfera & mídia social, Links gerais

1) Não é à toa que ela é primeiramente a madrinha deste blog. Mais uma vez, a Liliana decerto esbanja doçura e emoção em seu relato sobre férias num lugar maravilhoso do Brasil, a ilha de Fernando de Noronha.

2) Projetos de casa para a vida num mundo de mares elevados. Eu amei!!! Principalmente a idéia de ter um lounge sub. De preferência numa área de visibilidade boa e com recifes de coral bem bonitos, hehehehe! 😀 (Via Deep Sea News)

3) Cervejeiros deficientes visuais: seus problemas acabaram! Pelo menos no Japão, onde uma empresa lançou latinhas de cerveja com instruções em Braille na tampa. Legal, né?

4) Você tem cheiro de quê? Então, o mar pelo menos tem cheiro de DMSP

5) Os melhores segredos de turismo em Nova York. Será que são contudo “segredos” mesmo, Andréa?

6) E, por conseguinte, falando em Nova York, o Primeiro Festival Mundial de Ciência será lá, de 28/maio a 01/junho. Ah, se eu pudesse ir… (Via The Biotech Weblog)

*Relato da minha ida ao World Science Festival em 2013, em Nova York.

7) Lembra quando falei da 6a extinção? Pois do mesmo modo, o Deep Sea News escreveu um post super-interessante sobre o tema, com a opinião do gigante E. O. Wilson. Pra pensar, muito.

8) Da última leva das pequenas anotações, eu comentei sobre os animais mais venenosos do mundo. Agora achei um post com animais venenosos mas cujos venenos podem salvar vidas. Tudo depende da dose. O mundo animal não é mesmo fascinante?

9) O Brave New Traveler vem se tornando rapidamente um dos meus blogs de viagem prediletos. Dois posts recentes que se destacaram:

a) Um texto inspirador sobre o nobre ato de viajar na era da internet. Concordo com Jacob Bielanski: a internet não “vulgarizou” os 5 cantos do planeta. Pelo contrário: tornou-os mais interessantes a um público maior.

b) A agregação das 50 frases de viagem mais inspiradoras. De Mark Twain a Tolkien, várias reflexões sobre o ato desbravador de conhecer o mundo. Por exemplo, a minha predileta:

“Once you have traveled, the voyage never ends, but is played out over and over again in the quiestest chambers. The mind can never break off from the journey.” (Pat Conroy)

E uma deixada nos comentários do post:

“The only real voyage of discovery consists not in seeing new landscapes, but in having new eyes, in seeing the universe with the eyes of another, of hundreds of others, in seeing the hundreds of universes that each of them sees.” (Marcel Proust)

10) Dois projetos excelentes que surgiram na rede recentemente com direção da super-JoaninhaDesabafo de Mãe (para pais e mães de primeira, segunda ou enésima viagem) e a Rede Ecoblogs (de vida verde e sustentável). Vale a pena acompanhar os dois.

11) Estou fascinada por esse site, que mostra uma visão em tempo real das nuvens pelo mundo. Para viciados em mapas e afins, por certo.

PAVV 29

Nuvens

12) Um post bem explicativo sobre a ligação de algumas infecções humanas por vírus com o aparecimento de câncer.

13) Uma declaração de amor comovente do viking Bruno para sua avó.

14) O Thiago escreveu um post bem esclarecedor sobre a situação histórica e atual do Tibet. Talvez o melhor texto que li sobre o tema há muito tempo. Falando em Tibet nos blogs, aliás, ouvi o burburinho sobre boicotar as Olimpíadas de Beijing primeiro lá na Andréa. Aí o Doni reverberou e citou o fantástico termo “revolucionário de pijama” (by Träsel), que é o que serei. Em outras palavras, tem como não boicotar e/ou protestar contra esses Jogos Olimpícos infestados de repressão, censura e degradação ambiental?

15) Faça você mesmo: seu próprio quadro do Pollock. Coincidentemente, vi outro dia um filme sobre a vida desse artista genial. Gostei do filme e recomendo aliás aos que curtem biografias.

16) Entrevista com meu “ídalo” Carl Zimmer sobre o trabalho de jornalista científico.

17) A ICAR, Inc. recentemente aumentou o número de “pecados capitais” (para divertidos posts sobre isso, leia aqui ou ). David Bradley resolveu então entrar na onda da brincadeira e enumerar os 7 pecados capitais para cientistas.

18) E já que falamos nas viagens transcendentais, deu no NYTimes. A maior ironia do mês – quiçá do ano.

19) Não parei de rir depois de assistir à combinação psicodélica desse vídeo. Síntese protéica em ritmo de Woodstock numa universidade da Califórnia na década de 70. Já está na minha lista de “os maiores clássicos da biologia no You Tube”. Nesse ínterim,  é recomendado a todos que aprenderam sobre proteínas na escola. (Via Brontossauros em meu jardim)

20) Se vocês estiverem com fome… Fiquem mais ainda com esse tutorial de pão de mel. Minha vontade depois de ler, em suma, foi entrar na massa, nadar de braçada no chocolate. Ótimo para pós-Páscoa, principalmente porque as pessoas nem se entupiram de chocolate direito… hehehehe!! 😀

21) Tudo de bom sempre.



116
×Fechar