Pequenas anotações de viagens virtuais 45

por: Lucia Malla Antigos, Blogosfera & mídia social, Links gerais

1) Um site só de fotos de tatuagens de vida marinha. Peixes, corais… tem de tudo. Decerto, o mar na pele, literalmente.

2) O João sempre me envia (por email ou por GReader) excelentes artigos e/ou websites. Por exemplo, outro dia me enviou uma foto lindíssima do Havaí visto do espaço. Amei.

3) Um site delicioso com a história dos bairros do Rio de Janeiro. Vi lá nas Duas Fridas.

PAVV 45

Copacabana, princesinha do mar…

4) Via Reino da Almofada, um link para o Cheetah Experience, ONG que cuida de grandes felinos. De fato, a responsável tem vários deles em casa. As fotos dela com os guepardos e leopardos na mesa e na cama são impressionantes.

5) O Túlio Vianna compartilhou no twitter uma notícia sobre o risco de apagão científico no Brasil. Deprimente.

6) A foca-do-Caribe foi declarada oficialmente extinta pelo NOAA. Enfim, tristeza. (Via FiNS no twitter)

7) Considero este o post melhor escrito sobre a famigerada campanha do “xixi no banho”. Porque em sua pessoalidade e emoção declaradas, aborda a educação dos adolescentes. Além disso, comenta sobre este “paliativo de consciência” inócuo, que no fundo faz muito pouco (quase nada, sinceramente) para o ambiente mesmo. Perfeito.

8) O Renato descobriu uma verdadeira preciosidade em Nova Iorque que não consta nos guias de turismo. Uma igreja em Pocantico Hills, cujos vitrais foram feitos por Matisse e Chagall. As obras são belíssimas, inegavelmente .

9) Um post hilário e cômico do Arnaldo, sobre como vestir um kefyeh árabe. De quebra, aproveite a visita ao blog dele para ler sua descoberta do Bagdad Café. Um café no meio do nada da Síria e meio perto da real Bagdá. Fotos maravilhosas acompanham.

10) Vog havaiano fotografado do espaço, assim como a lava entrando no oceano. (Via Eruptions)

11) Essa foi uma temporada atipicamente calma no Everest. Com mais de 250 pessoas (and counting…) chegando ao cume, poucas mortes e mais organização (menos grupos do lado tibetano também). A temporada vai chegando ao fim para os semi-amadores. Afinal, ninguém é “amador” o suficiente para subir o Everest, convenhamos.

Destaque para a mensagem de Appa, o sherpa que já escalou 19 vezes o Everest, sobre o “lixão” que virou a parte mais alta da montanha. Além disso, destaque mais que especial para um dos montanhistas da equipe National Geographic: Ed Viesturs. Depois de ter anunciado sua aposentadoria para sempre das grandes montanhas do mundo, Viesturs voltou ao alpinismo. (E, a saber, ao cume do Everest, pela 7ª vez.) Eita que a febre do Everest não tem jeito mesmo… 😀

12) Tudo de bom sempre.



159
×Fechar