Sexta Sub: transparência

por: Lucia Malla Animais, Evolução, Fotografia, Sexta Sub

Não é uma graça a transparência do camarão (Ancylomenes tosaensis) passeando pelos tentáculos de uma anêmona? Tão claro que parece até um pouco de água com uma antena, né?

Transparência

Tudo de bom sempre.

Sobre a transparência do camarão Ancylomenes

Este camarãozinho antes pertencia ao gênero Periclimenes. Em 2010, foi reclassificado como Ancylomenes. Os membros deste gênero tendem a ser transparentes. Entretanto, uma curiosidade é que se tornam imediatamente opacos quando estressados ou quando fazem muito exercício. Isto ocorre porque a hemolinfa do crustáceo “vaza” (ou melhor, perfunde) para sua musculatura abdominal em maior quantidade, aumentando a opacidade. Quando o camarãozinho fica menos transparente, ele se camufla um pouco mais eficientemente na anêmona, e isso permite a ele que se proteja mais. Evolutivamente, uma vantagem. (Apesar de transparência ser uma característica que facilita a camuflagem, os autores do artigo acima citado discutem que, neste caso em particular, parece dificultar.)

Interessantemente, este gênero tem dificuldades de locomoção. Por isso, tende a escolher uma anêmona – e ficar. São limpadores, e limpam tanto a anêmona quanto peixes que passam por ela. Desta forma, se alimentam.

Portanto, da próxima vez que vir um camarãozinho em uma anêmona, lembre-se de não estressá-lo demais. Para que você possa curtir sua transparência ao máximo. 🙂

P.S.

  • Quer saber mais curiosidades sobre a vida marinha subaquática? Então leia outros posts da Sexta Sub. A lista completa deles você encontra neste link.
  • Esta foto foi tirada durante um mergulho em Dumaguete, nas Filipinas.


84
×Fechar