Meme literário de um mês, versão um dia

por: Lucia Malla Antigos, Livros, Memes, listas & blogagens coletivas

Vi lá no blog da Denise e no da Ana que estava rolando um meme literário. Então, resolvi participar também, porque adoro essas brincadeiras, ainda mais com livros. Mas como sou muito enrolada, e ultimamente a vida anda muito atribulada, resolvi fazer como no desafio das listas: responder tudo-de-uma-vez-só-ao-mesmo-tempo.

meme literárioEntão ficam aí minhas respostas para mais essa divertida brincadeira da internet.

1) Que livro você está lendo?

The Happy Isles of Oceania”, do Paul Theroux.

2) Qual foi o último livro que leu e o próximo que lerá?

O último que terminei (estava lendo-o aos pedaços há meses…) foi Where the hell is Tuvalu?”, do Philip Elis. O último que li de cabo a rabo numa sentada foi “Unscientific America, do Chris Mooney.

O próximo será Toupeira, do Roger Franchini. E depois desse, “Darwin slept here“, do Eric Simons.

3) Você lê resenhas de livros?

Não muito. Às vezes alguma me chama a atenção, e até me empolga para ler o mesmo. Mas no geral, não. Interessantemente, costumo ler resenhas depois que leio um livro, para saber outras opiniões sobre o mesmo além da minha.

4) Onde você gosta de ler?

Em viagens longas de avião. O tempo passa rapidinho… Mas em casa agora fizemos um lounge improvisado na varanda, então é uma delícia ler lá, sentada em pufes, com o barulho do vento e vendo os passarinhos ao redor.

5) Você costuma abandonar a leitura de um livro?

Sim. O último que abandonei foi “Medusa” do Clive Cussler. Comecei a ler porque tinha um trecho que falava de Nan Madol, achei que seria interessante. Mas aí a história descambou para umas viagens na maionese que foram demais para minha paciência.

6) Quem inspirou seu amor por livros?

Minha mãe, que lia muito.

7) Você costuma emprestar ou pegar livros emprestados?

Sim. Não tenho apegos com a maioria dos livros – exceto os que me foram dados de presente, com dedicatórias ou autógrafos do autor, etc. Porque esses têm um valor emocional maior.

8) Quantos livros você tem? Qual autor você tem mais livros?

Meus livros mais antigos estão na casa dos meus pais no Brasil. Aqui comigo são poucos. O Kindle guarda diversos, né? Então economiza espaço, adoro.

Temos bastante livros de fotografia também. E não diria um autor específico, mas um tema: oceanos. Temos muitos livros sobre esse tema em casa, por motivos óbvios.

9) Você costuma ficar com todos os livros que compra?

Depende. Se o livro me será útil no futuro imediato, fico com ele. Se não, empresto sem dó. Mais uma vez, a única exceção são livros com valor emocional. Aí não empresto mesmo.

10) Se você pudesse escolher um livro só para ganhar/comprar até o final do ano, qual seria?

Bom, eu acho que vou ganhar… o livro da queridíssima Mari Campos, “Sozinha Mundo Afora”. #indiretadireta

11) Cite um livro que fez você rir.

O Atlas sempre me faz sorrir. É disparado meu livro predileto. 🙂

12) Se você pudesse conhecer um lugar que só existe nos livros, qual seria?

Não seria um lugar, mas um tempo. Eu gostaria de voltar aos meados-fim do século XIX em Arles, na França, e visitar Van Gogh e Gauguin na Casa Amarela. Talvez viajar com Gauguin até o Tahiti da época… deve ter sido emocionante.

13) Se você pudesse trocar de lugar com um personagem de livro, qual seria?

Não sei, mas com certeza não seria o Gregor Samsa. 😀

14) Se você pudesse fazer uma pergunta ao seu escritor preferido, quem e qual seria?

Eu não tenho um autor preferido – são vários. Mas se tivesse que fazer hoje-agora, seria para Richard Dawkins: a opinião e as perspectivas dele, em termos evolutivos, sobre a biologia sintética.

15) Qual é o seu vilão favorito?

[SPOILER] O juiz Justice Wargrave, de O caso dos dez negrinhos, de Agatha Christie.

16) Cite um livro que você achou que não ia gostar e acabou amando.

Lembro até hoje de um livro/conto que li pro vestibular – e sabe como é leitura de vestibular para adolescente, né? Sempre assume-se que será um saco. Mas, terminei adorando e procurando mais obras do autor. Chamava-se “A confissão de Lúcio“, do Mário de Sá Carneiro.

17) Cite um livro que você achou que iria gostar e acabou não gostando.

O mundo de Sofia, do Jostein Gaarder. Muito aclamado, o enredo tinha tudo para ser devorado por mim (eu curto filosofices), mas achei tão chatinho… li todo, entendo sua importância, etc. Mas não curti.

18) Você lê livros que não são para sua idade?

Sim. Tenho alguns livros infantis sobre animais marinhos, são tão bonitinhos! E, Ziraldo, que eu adoro. Porque de perto, de pertinho, todo mundo é flicts. 😀

19) Qual é o livro que você leu, gostou e recomenda para todo mundo ler?

A vida imortal de Henrietta Lacks“, da Rebecca Skloot é um deles. Outro é “A Origem das Espécies“, de Charles Darwin, fundamental. Mais um: “Vida maravilhosa“, do Stephen Jay Gould, um livro que mudou minha forma de ver o mundo à época que li. “Os Sertões“, do Euclides da Cunha, também é um desses livros que acho que todo brasileiro deveria ler. É impressionantemente monstruoso.

20) Você gosta de poesias?

Já gostei de Fernando Pessoa e poesia concreta. Hoje raramente leio poesia.

21) Quanto tempo em média você demora para ler um livro?

Depende muito. Tem livro que eu fico anos lendo, porque pego um pedaço hoje, outro só daqui a 3 meses. E, tem livro que leio numa sentada, porque me prendem. Não tem tempo fixo, não…

22) Cite um livro com título que você acha interessante.

Islomania“, do Thurston Clarke. Por motivos óbvios. 😀

23) Você costuma ler ebooks?

Sim.

24) Você lê um livro por vez ou gosta de alternar dois ou mais livros?

Não tenho padrão.

25) Tem algum livro que você tenha mais de uma edição do mesmo?

O Molecular Biology of the Cell“, do Bruce Alberts, que é o livro-texto de qualquer disciplina de biologia molecular do planeta. Tenho a última versão e uma bem antiga, que está na casa dos meus pais.

26) Qual o maior (em número de páginas) livro que você já leu?

Ixe… Não sei.

27) Você costuma fazer anotações quando lê?

Sim, um monte. Meus livros em geral são sublinhados e rabiscados. Sempre achei que livro é para ser usado, e aqueles “rabiscos” funcionam como registros de um momento intelectual. E quando empresto, também digo às pessoas para escreverem à vontade.

28) O que você faz quando encontra uma palavra que não conhece enquanto lê?

Anoto e depois vou no dicionário ver. Isso acontece muito com livros em inglês. O Kindle, com seu dicionário embutido, facilitou muito a leitura, nesse sentido.

29) Quantos livros em média você costuma comprar por mês?

Não muitos. Curiosamente, no último mês, compramos bastante, por conta do fechamento da Borders. Os livros estavam muito baratos, alguns com mais de 70% de desconto, então compramos a preço de banana. Entre eles: “Evolution – The triumph of an idea“, do Carl Zimmer; “Hitch 22 – A Memoir“, do Christopher Hitchens; e “Grounded“, do Seth Senderson.

30) Qual foi o último livro que você comprou?

O guia “Lonely Planet – South Pacific“. Por motivos de viagem. 😉

E o último que ganhei foi “Jaguar: o rei das Américas“, do Evaristo Eduardo de Miranda e Liana John. Lindíssimo.

31) Qual o livro que você leu esse ano que mais gostou?

Um livro que uma tal de Lucia Seale escreveu, chamado “Role of selenium in mitigating mercury toxicity”. Muito bom, viu… sugiro comprarem. Qualquer dia desses faço uma resenha dele aqui. 😀

******************

Tudo de bom sempre.



125
×Fechar