No calor de Beitou

por: Lucia Malla Ásia, China, Geociências, Viagens

Ar naturalmente quente e sulfuroso.

Quando estivemos em Taipei, na ilha de Taiwan (também conhecida como Formosa), um dos locais que eu mais queria visitar era a região de Beitou. A razão era muito simples: porque eu havia lido em algum guia que a área tinha uma fonte termal – e empolgada que sou com tudo que deriva de vulcões, o lugar entrou na minha lista de must-go.

E é mesmo uma área interessante da cidade. Principalmente se pensarmos que Taipei é uma metrópole e tem tal atração geológica dentro dela. Era uma manhã de fevereiro quando saimos do metrô na estação Beitou.

Estação de metrô de Beitou, Taipei (ou Taipé).

O bairro me pareceu bem “sem personalidade”, apenas mais um da enorme Taipei. Mas bastou nos encaminharmos para a atração que me interessava na região – o Geothermal Valley (Vale Geotérmico), ao lado do Parque Qinshui – para percebermos que a primeira impressão estava completamente errada.

O indefectível cheiro de sulfa no ar começava a arder nos pulmões, mas a vontade de ver atividade vulcânica saindo da terra ali era maior, então continuamos a caminhada. Em Beitou, abundam os spas e bibocas para banhos termais, entre um templinho e outro. Por conta da altura o bairro é supostamente um dos mais fresquinhos de Taipei – era inverno, mas perto da fonte termal o calor  dominava. Fiquei imaginando o quão viagem seria morar por ali, respirando aquele espirro vulcânico todo dia – com o calor de quase meio-dia, o cheiro de sulfa queimando parecia ficar cada vez mais forte até que passou a ser insuportável.

Andamos pelo Geothermal Valley o suficiente para tirarmos algumas fotos, observarmos um pouco a paisagem em ebulição ao redor e sairmos de lá o mais rápido possível. Meus pulmões começavam a pedir arrego, de modo que a atração mais famosa da região, o parque de Yangmingshan, ficou para uma próxima vez. A volta pro metrô era mais fácil, descida apenas.

Mas a atração vale a visita pela singularidade. É muito legal ver um hot spring super-ativo dentro de uma metrópole. Prepare os pulmões e encare sem medo, nem que seja apenas por alguns minutos. Lembre-se: Taipei faz parte do Anel de Fogo do Pacífico, e é metrópole borbulhante, cultural e tectonicamente falando.

Tudo de bom sempre.



217
×Fechar