Reabrindo os trabalhos para 2013

por: Lucia Malla Antigos, Blog, Tecnicalidades do blog

Este blog nunca teve tamanho hiato: 40 dias sem post. Agora, entretanto, estou reabrindo os trabalhos.

EEsta quarentena foi mais que necessária. Foi crucial para que eu conseguisse respirar, descompressar do ano maluco e estressante que tive, e pudesse principalmente planejar um melhor, mais sereno e eficiente 2013.

Nesses 40 dias, aproveitei o relax para descansar em duas cidades maravilhosas ao seu jeito: San Juan e Rio de Janeiro.

Sobre San Juan, contei vários passeios aqui no blog: o Biobay, o mergulho em Fajardo, a fortaleza San Juan e a fábrica de rum Bacardi. Além de explicar por que fui para Porto Rico.

Sobre o Rio, o que dizer além de que ele continua lindo – e calorento? No Rio, aproveitei para rever e conhecer um monte de amigos queridos dessa blogosfera sem porteira, em reuniões regadas a carinho, risadas e muita animação. Dizer obrigada é pouco. Nem sei como agradecer por tanta conversa bacana, tantos encontros, tanta felicidade.

A todos, meu mais profundo MUITO OBRIGADA! Que vem, aliás, atachado com aquele velho convite do próximo encontro, seja ele em que esquina do mundo for. 🙂

Reabrindo os trabalhos

(Fotos compiladas do meu celular e dos facebooks da Viva e da Bia Quadros.)

Resoluções para 2013

Várias resoluções pessoais foram adotadas desde o primeiro de janeiro (vamos ver se as mantenho). Em termos de blog, entretanto, tudo que eu quero é continuar escrevendo com calma e prazer. É isso que real e profundamente importa para mim, afinal.

E se 2012 foi o ano que eu mal tive tempo para mim mesma, quiçá pro blog, 2013 pretende ser o ano da minha própria redescoberta, do meu ritmo.

Vem aí: mudanças climáticas

E pro blog, nesse clima de reabrindo os trabalhos, a volta de um tema muito necessário. Um tema que já vem ruminando há um tempo no fundo da minha cabeça: as mudanças climáticas. Um tema da atualidade que deveria estar na cabeça de todos, dada a sua crucial importância para a nossa existência futura. Entretanto, devidamente relegado pela nossa egoísta vivência e rotina.

Essa dicotomia terá que ser repensada. Porque afinal não temos “escapação”, como diria um amigo. Venho me sentindo cada vez mais incomodada com o comodismo de todos vendo o circo pegar fogo, literalmente. E pretendo pelo menos compartilhar alguns destes incômodos. Stay tuned.

Mas claro, este blog não seria meu, Malla, se não houvesse também muitas viagens. Principalmente viagens na maionese, que é onde minha mente mais parece se aconchegar. Viagens que fiz e vi por aí. As viagens do meu dia-a-dia, curtindo e pensando em mais caminhos, rotas e possibilidades. Vamos pra frente, que atrás vem gente.

Comecemos a trilha de 2013, pois.

Tudo de bom sempre.



86
×Fechar