Minhas top 5 viagens com tubarões

por: Lucia Malla Fiji, Filipinas, Havaí, Memes, listas & blogagens coletivas, Mergulho, Tubarões, Viagens

Estamos na #SharkWeek 2014, e praticamente tudo na internet – ou melhor dizendo, na internet que sigo – se tornou mais tubaronesco desde ontem. Viagens com tubarões, ora pois.

Entretanto, às vezes tubaronices surgem de recantos onde nunca se esperam. Talvez apenas para entrar no hype que o Discovery Channel mantém (que aliás, não é nem 20% da Shark Week atualmente, é só o botão de start para uma infinidade de discussões e conversas paralelas que rolam nessa semana), ou ganhar uns cliques a mais. Mas eu, como boa poliana que sou, prefiro acreditar que as pessoas estão realmente aos poucos acordando para a importância da conservação dos tubarões, para o quão biologicamente fenomenais esses animais são, cheios de mistérios que a ciência ainda não entende completamente, etc. Não é?

Um dos blogs que fez um inesperado twist foi o blog de viagem do Peter Greenberg. Ele fez uma lista de 5 viagens fenomenais para ver tubarões, o que para o blog de viagens super-profissionalizado dele é meio incomum. E curti a idéia e resolvi fazer a minha lista de 5 viagens que fiz emocionantes que envolveram… tubarões. Claro, nunca estive na África do Sul nem na ilha de Guadalupe, muito menos em Cocos Island, destinos primordiais para se ver tubarões. Então esta não é uma lista definitiva. Como, aliás, nenhuma lista é, todos já sabemos, né?

Minhas top 5 experiências de viagem mais emocionantes envolvendo tubarões

5) Ilhas Mamanucas, Fiji

Minhas top 5 viagens com tubarões - Fiji

O que pôs essa viagem na minha lista foi a surpresa. Jamais esperaria que num passeio dos mais turísticos de Fiji a gente veria tantos tubarões. Eram tubarões galha-preta super-pequenos, fofíssimos, que nadavam ao redor dos recifes das ilhas Mamanucas. Mas, como eram pequenos e curiosos, chegavam muito perto, sem nem a gente perceber. A gente dava um mergulho para pular uma ondinha e… opa! Dava de cara com um tubarãozinho! E foi exatamente isso que me cativou ali: o relax surpreendente da situação toda, nada de adrenalina envolvida, completa tranquilidade. E o mais incrível: os tubarões surfavam nas marolinhas das ondas, já praticamente na areia. Sensacional!

4) Ilha de Malapascua, Filipinas

A “casa” do tubarão-raposa (Alopias vulpinus). Ou melhor, o “lavajato”, já que eles vão ali para serem limpos pelos peixinhos a 30 metros de profundidade. O tubarão-raposa tem uma nadadeira caudal enorme, que ele usa como se fosse um chicote para caçar suas presas. O mergulho com o tubarão-raposa é bem tranquilo, e é simplesmente emocionante demais quando você vê aquele animal enorme, com uma cauda quase maior que seu corpo. Inesquecível é pouco.

3) Isla Mujeres – Isla Holbox, México

Minhas top 5 viagens com tubarões - México

Todo ano, entre julho e setembro, a maior agregação de tubarões-baleia no mundo vai se alimentar a poucas milhas da costa de Isla Mujeres-Holbox, na Península de Yucatán, México. São mais de 300 tubarões-baleias, numa área não muito dispersa. Por ter se tornado um dos passeios de ecoturismo mais famosos da região, o evento vem sendo estudado a fundo por muitos pesquisadores – qual impacto para os tubarões-baleia de tantas pessoas na água? Tantos barcos? E as pessoas, o quanto esse contato contribui com a educação ambiental sobre a espécie? A experiência é realmente impressionante, você cai na água e não sabe pra onde olhar, tantos são os tubarões-baleia. Mas fica realmente a dúvida se a quantidade de barcos e de gente não precisa de uma regulamentação maior…

2) North Shore de Oahu, Havaí

Minhas top 5 viagens com tubarões - Havaí

Tecnicamente, não é bem uma viagem para mim, já que eu moro em Oahu, então eles estão ali, praticamente no quintal de casa. Mas continua sendo uma “viagem” no melhor sentido da palavra filosófica – acho que toda experiência dentro de uma gaiola te faz pensar um pouco menos antropocentricamente, não? Pelo menos é assim que me sinto ao ver mais de 30 tubarões-de-Galápagos (Carcharhinus galapagensis), circulando ao redor da gaiola, e nadando a poucas milhas das praias mais surfadas do planeta – vale ressaltar que já foi mostrado cientificamente que a presença deles ali não é preocupante.

E confesso: me dá um conforto no coração saber que eles estão ali perto a qualquer hora e dia, para quem quiser vê-los. Um bom sinal de (ainda) boa saúde do ecossistema local, talvez…

1) Beqa Lagoon, Fiji

Minhas top 5 viagens com tubarões - Fiji

O melhor mergulho com tubarões do mundo. Pela quantidade de espécies vistas, pela emoção, pela observação do comportamento animal, por ser o mais ecoturisticamente correto possível… em tudo, um mergulho perfeito, com uma interação perfeita com os tubarões. E ponto final. 😀

MINHAS TOP 5 VIAGENS DOS SONHOS COM TUBARÕES

E não podia deixar de viajar um pouco, né?

5) Cocos Island, Costa Rica

Um lugar onde os tubarões-martelo nadam em cardumes enormes, de centenas. Quem não quer?

4) Cidade do Cabo e Durban, África do Sul

Dois points clássicos para ver o tubarão branco. Ainda chegarei lá um dia…

3) Fakarava, Polinésia Francesa

A área é considerada uma reserva da biosfera pela UNESCO, e a quantidade de tubarões é supostamente inacreditável. Pra eu retirar o “supostamente” da frase, entretanto, vale a lei de São Tomé: só vendo pra crer. 😛

2) Ilha de Guadalupe, México

Melhor point do mundo para ver tubarões branco. Precisa de mais?

1) Groenlândia (ou na Islândia…)

Na realidade, um destes sonhos impossíveis, porque ver um tubarão-da-Groenlândia (Somniosus microcephalusjá é uma raridade enorme, imagina mergulhar com um. Sem falar na temperatura da água ártica nos pontos onde ele vive… Esta viagem fica no sonho, apenas, mas que seria lindo ver um tubarão desses nadando lentamente… ah, seria!

E vocês, também sonham em fazer viagens com tubarões? 🙂

Tudo de tubarão sempre.

P.S.

  • Falando em Shark Week, minha amiga Christie está organizando uma festa na casa dela nesta quinta-feira para ver um dos programas da #SharkWeek do Discovery, cujo tema serão os tubarões do Havaí. Estarei na festa junto a um monte de cientistas de verdade de tubarões. Será no mínimo interessante ouvir o que eles têm pra comentar… Christie é uma fervorosa crítica da forma como o Discovery Channel mostra os tubarões sem cuidados com sua ciência (no que, aliás, concordo muito com ela…) e vai live-tweet o programa. Pros que curtem ciência de verdade sobre tubarões, não deixem de acompanhar!


416
×Fechar