14 anos de uma Malla pelo mundo

por: Lucia Malla Mallices

Eis que este blog chega, enfim, aos 14 anos de escritas, reflexões, pontuações e mallices. 14 anos de muitas viagens, mudanças climáticas, água salgada, tubarões e aloha.

Este seria um momento de auto-avaliação que faço todos os anos desde o início desta jornada blogueira. O que vivi no ano que passou. As melhores lembranças e momentos mais divertidos e/ou interessantes compartilhados primordialmente neste espaço virtual. Afinal, este ano teve até yoga na floresta#QuemDiria

Vida offline

Mas o fato é que tenho andado bastante afastada do blog desde junho, por conta de uma vida offline cada vez mais atribulada. Muito trabalho, viagens, exercícios e projetinhos caseiros e familiares que assaltaram as 24 horas do meu dia num piscar de olhos, sem deixar a poeira abaixar. Confesso também que a perda de Wai’opae por conta da erupção dramática do vulcão Kilauea em maio me deixou meio cabisbaixa por um tempo. Porém, embarquei logo em seguida numa sucessão de aventuras mallísticas não contadas ainda neste blog. Brasil, Banff & Jasper, Micronésia, Niihau… E surpreendentemente quando abri o olho… susto! Já era o aniversário do blog de novo. 🙂

Sinto falta das escrevinhações e viagens na maionese. De organizar (e reolhar) fotos para posts e recapitular dicas e mapas. Mas não cairei nesta cilada de “ah, se eu tivesse mais tempo” blablabla whiskassachê. As prioridades e motivações foram outras, simples assim.

(Daqui a pouco isso muda. E de repente… puft! Um post novo afinal. Aguardem.)

Agora é aproveitar este momento celebratório (14 anos!!!) e olhar pros meus posts prediletos do ano. E viajar de novo com alguns deles… Estão por conseguinte todos convidados.

Embarque nesta jornada da memória Malla aos 14 anos

Passeio de balão na Namíbia

De todos os posts que apareceram aqui neste 14º ano de blog, o que mais me emocionou foi recordar o passeio de balão na Namíbia. Porque foi a realização de um sonho inacreditável de décadas. Ver a paisagem mais linda do mundo, o deserto no Sossusvlei, de cima… Sem barulho de motor, na companhia de um monte de órix… E ainda  por cima terminar com um café da manhã 5 estrelas entre as dunas vermelhas… Aaaaaaaaaaa!!! Não tem preço. 🙂

Antes do Amanhecer em Viena

Foi uma delícia master-plus-premium revelar o meu guia da Viena do filme “Antes do Amanhecer”. E acho que adorei escrevê-lo porque foi uma viagem planejada há anos, desenhada cada vez que revi o filme (e foram muitas…). Principalmente, suspirada a cada diálogo romântico de Jesse e Celine. Realizar este sonho cinematográfico foi uma emoção sem limites. Valeu cada um dos mais de 30.000 passos suados que dei em Viena. 🙂

A série de posts de Wallis & Futuna

Alívio também finalmente registrar minha viagem de 2011 por Wallis e Futuna. Este ilustre desconhecido território francês no meio do oceano Pacífico foi uma das minhas viagens mais relaxantes ever. Foram 6 posts falando deste local inusitado, tão tropical quanto especial:

  1. Como chegar
  2. Atrações principais
  3. Onde mergulhar (claro!)
  4. Minhas observações gerais
  5. As bizarras Igrejas de Wallis
  6. Onde snorkelar  

A bizarrice do Ice Bar de Estocolmo

Entrei numa gelada bloguística duas vezes este ano. Uma me deu arrepios – de medo, já que esqui não é a minha praia mesmo. A outra, arrepios de animação – afinal, o Ice Bar de Estocolmo é uma destas atrações inusitadas da cidade. Daqueles que a gente se promete ir se estiver por lá. Apesar da temperatura congelante do local, vale cada dose aquecedora de tequila. 😛

Reviver o Xingó

Recordar a visita ao Cânion do Xingó, em Sergipe, com meu pai a tiracolo. Como minha vó nordestina diria: que passeio porreta de bom!

Resenha de livro

Resenhei no blog um dos meus livros favoritos deste 14º ano de blog, o “Overbooked”, de Elizabeth Becker. O livro comenta sobre os excessos da indústria do turismo. Principalmente, adorei a forma como ela analisa diversas ~problemáticas~ que vemos andando pelo mundo. Vale ler e refletir.

North Shore de Oahu na prática

E por fim, foi neste ano de blogagem que o Guia Malla do North Shore de Oahu saiu. Tuuuuudo explicadinho pra você aproveitar ao máximo as 7 milhas havaianas mais paradisíacas e surfáveis do mundo. Ah, e se chover, tem esse outro guia aqui: Havaí com chuva. (Mas não esquece de levar um casaquinho, por favor.)

P.S.

Tenho uma lista interminável de posts para escrever ainda. Espero, porém, neste próximo ano dar conta de pelo menos uma parte deles. Mas se não der… tem outros anos, né? O importante é, enfim, não se deixar atropelar pelos tempos modernos de velocidade máxima online.

Se deixar, sim, ser carregada pelo ritmo da maré numa praia tropical…

14 anos de uma Malla pelo mundo

Que venha o 15º ano desta Malla pelo mundo, com frescor de muita água salgada e vitamina D! Tintim!

Tudo de aloha e mallices sempre.

Cada aniversário do Mallablog

 



485
×Fechar