Cotidiano

Flocos de neve marinhos

Flocos de neve marinhos

Hoje no almoço rolou a festa de Natal do Instituto de Biologia Marinha. Como colaboro com um dos laboratórios por lá, participei da festinha. Foi animadésima, cheia de cientistas falantes e animados, concurso de sobremesas e até uma bandinha improvisada de ukulelês formada por estudantes da pós-graduação tocando músicas de Natal. No menu, além de […]

A vida em um lugar

A vida em um lugar

Minha terra. Que não tem mais tantas palmeiras, mas ainda tem o canto do sabiá. A mais-que-querida Mari Campos esteve recentemente no meu estado de criação, o Espírito Santo. Fez um monte de passeios bacanas pelas Serras Capixabas, comeu do bom e do melhor e me inspirou a deixar um comentário que reproduzo aqui: “Mari, […]

Vôo no tempo

Vôo no tempo

Toda vez que passo por aeroportos pelo mundo, fico sempre viajando na maionese olhando pras aeronaves. Há uma sensação deliciosa de liberdade em vê-las encostar no finger. Então reabastecer. Enquanto as pessoas se preparam pra entrar, decolar em vôo. Enfim, virarem passarinho num céu de brigadeiro. Aeroportos são meu hábitat natural. E aviões o veículo […]

Pelo metrô de Tóquio

Pelo metrô de Tóquio

Eu adoro andar de metrô. Acho que este é o meio de transporte que imprime o ritmo urbe – é debaixo da terra que está o coração pulsante da cidade. E em geral, presto atenção aos detalhes de cada estação. São detalhes que revelam a mim muito mais da nossa psique coletiva que sonha qualquer […]

Sobre o tsunami no Havaí

Sobre o tsunami no Havaí

OBS.: Se você me segue no twitter, talvez este relato do tsunami no Havaí seja repetitivo. Mas quero registrar porque este blog é primordialmente meu diarinho. No futuro, esta informação será portanto importante para meus próprios registros e memórias. Leia por sua própria conta e risco. 😛  Despertar Acordei esta manhã às 6 horas, com […]

Chá de camomila acalma os nervos

Chá de camomila acalma os nervos

Cresci ouvindo a minha vó repetir incansavelmente a frase-título deste post. Bastava alguém ter um ataque nervoso, ficar estressado com algum problema ou começar a chorar de raiva, e lá vinha ela da cozinha com uma xícara de chá de camomila quentinho, adoçada com o carinho que só vó tem pra dar. Era sua maneira […]

Na ilha dos Outros

Na ilha dos Outros

Estou colaborando numa pesquisa com um laboratório que fica na ilha acima, num instituto que faz parte do sistema da UH. Vai-se até o píer, pega-se um barco que atravessa em menos de 1 minuto até o píer do outro lado, onde ficam os laboratórios. Hoje de manhã, ainda no píer “de cá”, o barqueiro […]

Fotolog atrasado do fim de ano

Fotolog atrasado do fim de ano

Estou há semanas querendo postar pelo menos 2 momentos do meu fim de ano, mas o tempo não tem sido meu aliado. Hoje, mega-ultra-super-atrasada, finalmente consegui. Momento 1 Tínhamos ido ao Windward Mall, em Kaneohe (do outro lado da ilha), fazer compras de fim de ano. Estava ainda no carro quando li no twitter do […]

Sexta Sub: work commute

Sexta Sub: work commute

Aconteceu no sábado pós-Natal. André havia ganhado no dia anterior uma nova lente pra máquina fotográfica. E, claro!, queria logo usar o novo brinquedo. No sábado, ele precisava dar uma passada no trabalho antes de irmos pro North Shore de Oahu para ver as ondas que se avolumavam. Parte do traslado dele pro trabalho (o […]

Cafezim

Cafezim

A Mari Campos resolveu fazer uma enquete no twitter sobre qual o seu café de viagem predileto – uma questão pra lá de abrangente para viciados em cafeína como eu. Porque afinal, como não podia deixar de ser, não tenho um café apenas que considero o melhor; tenho, sim, vários cafés de viagem prediletos pelo […]

Sexta Sub: 2010

Sexta Sub: 2010

2010. Que seja um ano de muito mar para a gente descansar. E para aproveitar as aventuras, no balanço das marés mais calmas. Tudo de praia sempre. Em 2010 e nos anos que virão. 2010 ainda vem. E o que rolou de mar aqui no blog em 2009? Este foi um ano de reconexão com […]

Sexta Sub: foi Natal

Sexta Sub: foi Natal

Foi Natal. Nossa ceia foi simples. Além disso, uma amiga querida da USP estava presente, autora de um livro biológico para crianças adorável. Fizemos farofa de banana, arroz de cranberries, comemos frutas e um bolo de chocolate com decoração natalina. Conversamos bastante sobre biologia, educação e afins. Ela ainda contou algumas experiências bacanas da prefeitura […]

Redondezas

Redondezas

Redondezas. O convidado de hoje é uma das pessoas mais amáveis da blogosfera brasileira. Um moço de criatividade ímpar, que sobretudo é sócio-fundador e síndico de um dos portais mais bacanas da net brasileira, o também 5-anista Verbeat. Que escreveu acima de tudo um manifesto pela liberdade da comunicação da rede ainda nos idos de […]

Nosso lugar no mundo

Nosso lugar no mundo

Na lista de discussão do luluzinhacamp, a Ana Cláudia começou um papo sobre vacinação, que virou uma discussão sobre a indústria farmacêutica e que eu, no mais tradicional estilo “viagem na maionese” que me caracteriza, consegui desviar para “o nosso lugar no mundo”. Explico. Vacinas, remédios, construir escolas, colocar ou não um semáforo na esquina […]

O Rio da Vista Chinesa

O Rio da Vista Chinesa

Dia desses, a Chris Nóvoa publicou em seu blog uma de suas poesias concretas que eu adoro (e complementada com fotos arquibelas do Guga!) sobre um lugar pelo qual me apaixonei à primeira vista: a Vista Chinesa, na Floresta da Tijuca. Ao ler o poeminha, toda a delícia daquele dia de novembro me veio à […]

Lost in translation: havaianando na ‘okina

Lost in translation: havaianando na ‘okina

Como já contei aqui antes, fiz um curso de um ano de língua havaiana assim que me mudei pra cá em 2002. Não falo havaiano, mas pelo menos consigo entender uma coisa aqui outra ali, mesmo tendo apenas 1 ano de estudo. Isto é possível porque a língua havaiana é super-simples e resumida – é […]

Fogos de 4 de julho

Fogos de 4 de julho

Ontem foi 4 de julho, o feriado da Independência americana, famoso por seus shows de fogos de artifício – algo que eu adoro ver. Mas não tive ânimo este ano de encarar a muvuca que se acumulou no Ala Moana Park desde de manhã cedo para ver o espetáculo. Preferi aproveitar o feriado e descansar, […]

Here comes the sun

Here comes the sun

Ainda continuando a conversa do post de ontem sobre conscientização ambiental (que a Aline comentou maravilhosamente em seu blog), me lembrei de um exemplo interessante da equação indivíduo + instituições + economia na solução de um problema ambiental – ou melhor dizendo, na minimização de um problema. O que me fez lembrar disso foi um […]


×Fechar