Cotidiano

Orelhões divertidos do Brasil – atualização

Orelhões divertidos do Brasil – atualização

Minha coleção de fotos de orelhões divertidos do Brasil só vem crescendo. Resolvi, então, expor aqui as últimas adições especiais feitas. Foram achadas no arquivo durante a mudança. Em Manaus (AM), no Zoológico da Cidade (que é mantido pelo Exército Brasileiro), há 4 tipos com a fauna local: tucano, onça pintada e araras. São bem […]

Domingo à tarde, num bar em Minas…

Domingo à tarde, num bar em Minas…

Não me considero uma pessoa chata com português – pratico o exercício de não apontar os erros alheios já que eu também sou passível a eles, e evito indelicadezas desnecessárias acreditando que o cerne da comunicação é o entendimento, afinal. Mas quando abri o cardápio de um bar que fomos em Minas, na parte das […]

Ser cientista

Ser cientista

Esse texto foi postado originalmente em 15 de novembro de 2004, nos primórdios desse blog, quando a escrita era mais desencanada e eu praticamente escrevia pras paredes virtuais. Na época, eu ainda morava e trabalhava com fisiologia de diabetes na Coréia do Sul. O tempo passou, muita coisa mudou, mas acho que a essência desse […]

1 ano de volta ao Brasil

1 ano de volta ao Brasil

Hoje faz um ano que estou de volta ao Brasil. Decidi esperar tanto tempo para falar sobre isso no blog porque queria que o período de “choque readaptativo” à vida brasileira passasse e eu conseguisse fazer uma avaliação pessoal mais equilibrada, com menos bias. Não é nada fácil você voltar à sua cultura-mãe. Diferente da […]

Sobre jornais online

Sobre jornais online

O Chico fez a pergunta, muito simples: “Que jornais você lê?” e comenta no post que um conhecido dele respondeu enfaticamente: “O melhor jornal do mundo é o jornal da minha cidade.” Embora sucinta, a resposta a meu ver é simplória: lhe falta o desafio de entender o mundo. Em nossa sociedade super-informada e informatizada, […]

No Quadrilhódromo de Parnaíba

No Quadrilhódromo de Parnaíba

Uma de nossas paradas pelo nordeste brasileiro foi em Parnaíba, no Piauí. Vínhamos do Maranhão, e estávamos cansados de presenciar o descaso político e econômico em que o estado se encontrava. Tivemos uma boa surpresa portanto ao cruzar a divisa de ônibus, numa tarde de sábado: Parnaíba era uma cidade bem organizada, simpática e bonitinha. […]

11 de setembro de 2001

11 de setembro de 2001

Manhã de 11 de setembro de 2001. Eu estava chegando para trabalhar no laboratório – na época, em Boston. Tinha acabado de fazer a tradicional caminhada pela Longwood, ainda sonolenta. O dia estava ensolarado, dos mais bonitos que vi por aquelas bandas. Lembro-me da roupa que vestia com clareza: a mesma blusa amarela que hoje, 5 […]

Passarinho

Passarinho

Sou passarinha fora do ninho: moro já há alguns anos fora do país – e meu conceito de país se torna cada vez mais etéreo. Estrangeira na terra alheia, tento na medida do possível me adequar aos costumes locais, aos choques que vêm pelo caminho, às intempéries da vida cotidiana. Em todos os lugares por […]

Propaganda é a alma do negócio

Propaganda é a alma do negócio

Estava eu outro dia distraidamente assistindo TV, quando um comercial me chamou a atenção. Era de uma bebida. Como entendo pouco de coreano, fiquei tentando imaginar o que aquela bebida seria. Teria álcool? Seria um suco? Ou um refrigerante? A propaganda mostrava uma jovem de biquini, na piscina de um resort de praia, num dia […]

Kim do Norte

Kim do Norte

Ontem tive a oportunidade de assistir na TV ao documentário interessantíssimo “A State of Mind”, de 2004, que conta a história de duas pré-adolescentes norte-coreanas se preparando para os Mass Games, o maior e mais coordenado festival de ginástica rítmica do planeta na Coréia do Norte dos Kim. (Vídeos do último Mass Games, no ano […]

Bom dia

Bom dia

Hoje de manhã fui tomar um café no Starbucks perto da estação de metrô de Sincheon, em Seul. Eis que ao entrar na loja, coincidentemente começa a tocar um dos meus discos favoritos de todos os tempos: “Samblues”, de Juarez Moreira. Dessas miudezas irônicas da vida que tornam um bom dia grande. Fiquei absorta “tomando […]

Malla na lua

Malla na lua

Acordei de manhã no horário de sempre. Dei comida pro gato, tomei meu café, peguei o lixo orgânico e fui levá-lo à lixeira comunitária de reciclagem, que fica no estacionamento do prédio. Acho que isso me atrasou um pouco, porque ao chegar no ponto de ônibus, ninguém estava lá. Pensei: “Perdi o “Zoraide” (apelido do […]

Festival Hi Seoul 2006

Festival Hi Seoul 2006

Sexta passada foi feriado aqui na Coréia: dia das crianças. Por coincidência, no mesmo fim-de-semana do feriado, houve o festival anual de primavera Hi Seoul. O festival é organizado pela prefeitura de Seul e quando ele acontece, o centro de Seul, na região próxima à prefeitura, fica coberto de barraquinhas de tudo quanto é coisa, […]

A poeira amarela, de novo

A poeira amarela, de novo

Lembram da neve amarela que há algumas semanas invadiu Seul? Sábado passado teve nuvem de areia e poeira amarela de novo, vinda do deserto de Gobi, China. Dessa vez, não nevou, mas achei uma foto (com a nuvem e depois da chuva de ontem, que dispersou a poeira) que ilustra bem o fenômeno e que […]

Janeiro em poucos parágrafos

Janeiro em poucos parágrafos

1 semana sem blogar – ironicamente estando no computador quase o tempo todo. Inacreditável. Não desencanei desse espaço, pelo contrário: cada vez mais me apego a ele e quero compartilhar idéias e pensamentos aleatórios. Entretanto, janeiro passou, e esse blog esteve viajando por Palau o tempo todo – e se duvidasse, continuaria viajando, porque Palau […]

Foi Natal

Foi Natal

Hoje já é dia 25/dezembro, a ceia de Natal já foi degustada e estou agora curtindo o dia seguinte, com muita preguiça. O Natal por aqui foi branco. A neve está por todo o país, devido à tempestade intermitente da semana. Muito frio. O coreano em si não tem nenhuma tradição específica de Natal – […]

Que frio!

Que frio!

Tem feito bastante frio por aqui. Parece que o inverno chegou com força, sem mais se confundir com o outono que, insistente, ainda pede para ser lembrado nas últimas folhas vermelhas das árvores. De acordo com minha chefe, esse será o inverno mais frio de todos os tempos na Coréia – previsões do serviço meteorológico […]

Raul Soares

Raul Soares

Era uma vez uma cidadezinha. Em Minas Gerais. Tinha um coreto na praça e uma estrada só para chegar até ela. Uma cidade no fim da linha. Uma cidade no início de todas as outras? Quando cheguei a Raul Soares pela primeira vez, um sino tocou. Não, não foi o sino da igreja. Foi o […]


×Fechar