Uma carta sobre a acidificação dos oceanos

Hoje a blogosfera marinha gringa foi especialmente convidada a publicar uma carta escrita por Sally-Christine Rodgers e Randy Repass sobre o alarmante processo de acidificação dos oceanos.

Uma carata sobre acidificação dos oceanos

O convite veio (via Rick) de Sheril Kirshenbaum, do blog Intersection, que está coordenando a blogagem. A carta é um depoimento e um alerta. Em inglês, contém detalhes práticos de como as pessoas residentes nos EUA podem agir em prol da causa, demonstrando ao seu representante político a importância de se conter a diminuição do pH dos mares, o quanto esse processo pode modificar drasticamente o ecossistema marinho, levando-o a um caminho deveras imprevisível. De certa forma, esse conselho deveria valer para nós brasileiros também; afinal, pentelhar o seu representante político é uma das formas de alertá-lo que aquela é uma questão que importa pra você, que o elegeu. Entretanto, o desinteresse pelo povo do poder legislativo brasileiro é assunto deveras complexo e desestimulante. Por isso, a intenção do conselho ainda é válida, mas requer mais persistência nossa na terra tupiniquim. Enfim.

Para os amigos que lêem meu blog, fiz uma tradução livre em português, retirando as especificações que não competem aos brasileiros – caso você more nos EUA e se interesse pela causa, pode ler em inglês e contactar seu senador e falar exatamente do projeto de lei a que tudo isso se refere. Há algumas considerações que poderiam ser mais discutidas sobre o tema, mas como a idéia hoje é espalhar pela web as palavras dos dois que já lutam pelo tema, deixo essas considerações para um post futuro. Agora, é hora de ouvir a mensagem de quem está na linha de frente pelos mares do mundo.

Eis a mensagem de Randy & Sally-Christine sobre a acidificação dos oceanos. Logo abaixo da quebra de post, a original em inglês.

“Nós somos velejadores desde sempre. O que a gente vem aprendendo navegando pelo Pacífico nos últimos 6 anos, e especialmente dos cientistas focados na conservação marinha, é espantoso. Independente se você passa seu tempo na água ou não, a acidificação dos oceanos afeta a todos nós e é algo que acreditamos você vai querer saber mais.

O que você faria se soubesse que muitas espécies de peixes e animais que vivem nos oceanos desaparecerão em 30 anos caso os níveis de CO2 continuem aumentando na taxa atual? Nós acreditamos que você pode agir de forma a evitar este processo de acontecer, porque pessoas informadas fazem escolhas conscientes. Esta carta é sobre o que podemos e devemos fazer juntos agora para ajudar a resolver este problema tão sério e tão desconhecido, a acidificação dos oceanos.

A acidificação dos oceanos é primariamente causada pela queima de combustíveis fósseis. Quando o dióxido de carbono da atmosfera chega aos oceanos, modifica o pH deste ambiente, tornando o mar acídico e mais hostil à vida. Com o tempo, o CO2 reduz o carbonato de cálcio, o que dificulta a formação de conchas de alguns invertebrados e a formação dos recifes de corais. Na realidade, as conchas existentes podem começar a dissolver com o pH ácido. Ostras e mexilhões não terão mais a capacidade de construir suas conchas. Caranguejos e lagostas? Seus bisnetos podem ter que apenas imaginar qual era o sabor real deles.

O dióxido de carbono concentrado nos oceanos está tornando a água do mar mais acídica. Boa parte do zooplâncton, animais microscópicos na base da cadeia alimentar, têm esqueletos que não se formarão em condições acídicas, fazendo a vida nos níveis superiores da cadeia – peixes, mamíferos e aves marinhas que dependem do zooplâncton para comer – também perecerão. Sem comida não há vida. Um bilhão de pessoas dependem de peixe e frutos do mar como sua fonte primária de proteína. Muitos relatórios científicos documentam que no mundo inteiro os humanos já estão consumindo mais comida que o que vem sendo produzido. As implicações são óbvias.

A questão da acidificação dos oceanos está causando perda irreversível de espécies e habitats, e a tendência à acidificação está acontecendo até 10 vezes mais rápido que o projetado anteriormente. Nós queremos que você saiba o que isso significa, como afeta a nossa vida, e o que podemos fazer sobre.

Hoje, a concentração de CO2 na atmosfera é de cerca de 387 partes por milhão (ppm) e aumenta cerca de 2 ppm por ano. Se continuarmos com essa tendência, em 2040 a projeção é de que a atmosfera terá mais de 450 ppm, e os cientistas marinhos acreditam que o colapso da maior parte do ecossistema marinho será irreversível. Outros efeitos fisiológicos da acidificação sobre a vida marinha incluem mudanças reprodutivas, nas taxas de crescimento e até na respiração dos peixes.

Corais tropicais e de água fria estão entre as criaturas maiores e mais antigas que vivem na Terra; formam o ecossistema mais rico em termos de biodiversidade, fornecem áreas para reprodução, berçário e alimentação para 1/4 de todas as espécies do mar. Os recifes de coral estão sob risco. À medida que a concentração de CO2 aumenta, corais, crustáceos e outras espécies que produzem conchas não serão capazes de construir seus esqueletos e muito provavelmente se extinguirão.

A boa notícia é que nós podemos “consertar” este problema. Mas, como você pode imaginar, será difícil. A acidificação dos oceanos é causada pelo aumento do CO2 na atmosfera. Resolver um problema pode resolver o outro.

“O IPCC concluiu que, para estabilizar o CO2 na atmosfera a 350 ppm até 2050, as emissões de CO2 globais precisams er cortadas em 85% do nível de 2000.” É bastante! Da forma como nosso sistema político funciona (ou não funciona) torna tudo mais complicado. Cabe a nós dar um passo a frente, se comprometer e arcar com a responsabilidade de permitir que isso aconteça na prática.

A acidificação dos oceanos é uma questão em que podemos fazer algo sobre. Precisamos de uma leva de cidadãos informados que sejam capazes de mobilizar o Congresso para ter coragem de se mobilizar contra os interesses arraigados da indústria de carvão, petróleo e gás que não se comprometem com a redução do CO2. Também precisamos de verdadeiros líderes que criem agressivamente empregos usando tecnologias sustentáveis. A escolha é nossa. Nós podemos resolver este problema. O que a gente sabe é que o futuro de nossos filhos, netos e de fato, de toda a humanidade, depende da nossa decisão.

Por favor, compartilhe esta carta com outros. Nós agradecemos que você tire seu tempo e contacte a sua representação política; é fácil de fazer e efetivo.

Obrigada pelo seu apoio.

Randy Repass

Presidente West Marine

Sally-Christine Rodgers

Diretora Oceana

(Um relatório mais completo sobre o tema você encontra aqui.)

 

EM INGLÊS

“We are both lifelong boaters. What we have learned from sailing across the Pacific over the past 6 years, and especially from scientists focused on marine conservation, is startling.

Whether you spend time on the water or not, Ocean Acidification affects all of us and is something we believe you will want to know about. What would you do if you knew that many species of fish and other marine life in the ocean will be gone within 30 years if levels of C02 continue increasing at their present rate? We believe you would take action to stop this from happening, because informed people make informed choices. This letter is about what we can and must do together now to help solve a very serious but little-known problem, Ocean Acidification.

Ocean Acidification is primarily caused by the burning of fossil fuels. When carbon dioxide in the atmosphere ends up in the ocean it changes the pH, making the sea acidic and less hospitable to life. Over time, C02 reduces calcium carbonate, which prevents creatures from forming shells and building reefs. In fact, existing shells will start to dissolve. Oysters and mussels will not be able to build shells. Crabs and lobsters? Your great-grandchildren may wonder what they tasted like. Carbon dioxide concentrated in the oceans is making seawater acidic. Many of the zooplankton, small animals at the base of the food web, have skeletons that won’t form in these conditions, and sea-life further up the food chain – fish, mammals and seabirds that rely on zooplankton for food will also perish. No food – no life.

One billion people rely on seafood for their primary source of protein. Many scientific reports document that worldwide, humans are already consuming more food than is being produced. The implications are obvious. The issue of Ocean Acidification is causing irreversible loss to species and habitats, and acidification trends are happening up to ten times faster than projected. We want you to know what this means, how it affects all of us, and what we can do about it.

Today, the atmospheric concentration of C02 is about 387 parts per million (ppm) and increasing at 2 ppm per year. If left unaddressed, by 2040 it is projected to be over 450 ppm, and marine scientists believe the collapse of many ocean ecosystems will be irreversible. Acidification has other physiological effects on marine life as well, including changes in reproduction, growth rates, and even respiration in fish. Tropical and coldwater corals are among the oldest and largest living structures on earth; the richest in terms of biodiversity, they provide spawning areas, nursery habitat and feeding grounds for a quarter of all species in the sea.

Coral reefs are at risk! As C02 concentrations increase, corals, shellfish and other species that make shells will not be able to build their skeletons and will likely become extinct. The good news is we can fix this problem. But, as you guessed, it will be difficult. Ocean Acidification is caused by increased C02 in the atmosphere. Solving one will solve the other. The House of Representatives has acted, passing HR 2454, the Waxman-Markey “American Clean Energy and Security Act”, but it was severely weakened. Now the Senate has announced that it will move similar legislation this fall. We need the Senate to join the House in its leadership, but to demand far greater emissions reductions than were able to pass the House.

The Intergovernmental Panel on Climate Change concluded that in order to stabilize C02 in the atmosphere at 350 ppm by 2050, global carbon emissions need to be cut 85% below 2000 levels.That’s a very tall order! And the way our political system works (or doesn’t) makes its tougher. It will take all of us to step up and take responsibility to make this happen. Here is what you can do:

  1. Contact your Senator now using ont of these techniques listed in order of effectiveness.
  2. Visit your Senator at their local office. It is easy to make an appointment. Tell them your concerns about C02 and the oceans, and to move strong climate legislation immediately that will reduce our greenhouse gas concentrations to levels that will not threaten our oceans. The experience is rewarding. (Alternatively, drop a letter off at their local office.)
  3. Call your Senator and leave a message urging action be taken to reduce C02 , address Ocean Acidification, and move strong climate legislation immediately that will reduce our greenhouse gas concentrations to levels that will not threaten our oceans.
  4. Click on this link to send an email, which will go directly to your Senator based on your address: http://www.oceana.org/acid You may use the letter provided, but it is more effective to edit it, and in your own words urge them to move strong climate legislation immediately that will reduce our greenhouse gas concentrations to levels that will not threaten our oceans.

Ocean Acidification is an issue we can do something about. We need a groundswell of informed citizens to get Congress to have the backbone to stand up to the entrenched interests of coal, oil, and gas and not compromise on the reduction of C02. We also need real leadership to aggressively create jobs using sustainable technologies.

The choice is ours. We can solve this or not. What we do know is that the future facing our children, grandchildren and indeed all of humankind depends on our decision. Please join us in sharing this letter with others.

We appreciate your taking the time to contact your Senators; it is easy to do and effective.

Thank you for your support.

Randy Repass

Chairman West Marine

Sally-Christine Rodgers

Board Member Oceana

A more complete report on ocean acidification here.”



202
×Fechar