Over/under: Fernando de Noronha

por: Lucia Malla ArteSub, Brasil, Fernando de Noronha, Fotografia, Ilhas, Livros, Mergulho, Viagens

“Uma viagem fotográfica à meca do mergulho no Brasil: Fernando de Noronha, um arquipélago oceânico de origem vulcânica a 200 milhas da costa brasileira. Produzido pelo premiado fotógrafo de vida selvagem e biólogo marinho André Seale, o livro apresenta 124 imagens impactantes legendadas em inglês e português. Este livro é o segundo da série “Over/Under”, que ilustra destinos exóticos e remotos do planeta e é dividido em três capítulos principais: fotografia terrestre, meio a meio, e subaquática.”

Neste fim de semana lançamos mais um livro da série “Over/Under”, desta vez de um dos destinos de mergulho mais remotos do Brasil, com grande apelo turístico mundial e exemplo de preservação. “Over/Under: Fernando de Noronha” traz imagens deliciosas do local, visitado várias vezes por André ao longo de mais de uma década – sua primeira ida a Noronha foi em 1997, quando a ilha tinha apenas um hotel (que hoje é um alojamento) e a última em 2008. Assim como o livro anterior da série sobre ASPSP, este também mostra paisagens e visões de Fernando de Noronha em 3 níveis em relação à água. Mas o que para mim o diferencia da maior parte dos trabalhos feitos sobre Noronha é a perspectiva nova de locais onde muitos turistas “passam batido”. Explico.

Em geral, livros sobre Noronha mostram 2 aspectos das ilhas: as curiosidades marinhas vistas em mergulhos autônomos, ou seja, a profundidades não permitidas a todos; e os que não focam em mergulho, se atém aos recantos maravilhosos da paisagem. No nosso livro “Over/Under” há espaço para essas duas visões imprescindíveis, mas há também a revelação de que com um simples snorkel em lugares pouco valorizados (como o Portinho de Noronha e adjacências) é possível encontrar animais surpreendentes e ver cenas inesquecíveis.

Algumas páginas do livro para dar o gostinho…

Para tal feito, em 2007 André foi pra Noronha apenas com snorkel, máscara e pé-de-pato, decidido a não mergulhar com cilindro – sacrifício enorme para quem ama scuba como ele e – pior – sabe que ali pertinho está Pedras Secas, escolhido por muitos como o melhor point de mergulho do Brasil. Mas ele ficou lá, 4 dias fazendo mergulho livre pelo arquipélago. O resultado foi surpreendente. Ele encontrou golfinhos rotadores no Portinho a 3 metros de profundidade, conseguiu ângulos supimpas de naufrágios esquecidos (como o grego que comentei aqui) e fauna em praias e áreas rochosas que a maioria dos que passam pela ilha não percebem, ocupados que estão em ver os pontos chaves do turismo (a tríade Baía dos Porcos, praia do Sancho e Atalaia, que merecem mesmo serem vistos).

Aos apaixonados por Noronha, as 120 páginas do livro são uma excelente lembrança do por quê essa ilha é especial. O livro é compacto (18cm x 18cm) e cabe em qualquer estante. Está à venda aqui ou direto com a gente, por email: mallablogARROBAgmailPONTOcom. Os preços em dólares são: 39.95 (capa mole), 51.95 (capa dura com sobrecapa) e 55.95 (capa dura com imagem sangrada na capa, sem sobrecapa), mais o frete até a sua casa, cujo valor varia de acordo com o endereço.

Se você nunca foi a Fernando de Noronha, esta é a chance de começar a se deliciar; se você já foi, é hora de relembrar as delícias e maravilhas do local viajando nas imagens do livro. Boa viagem!

Tudo de bom sempre.

******************

*Algumas das imagens do livro podem ser vistas aqui.



348
×Fechar