Uma banana karat pra você

por: Lucia Malla Ciência, Comes & bebes, Estados Federados da Micronésia, Micronésia

Ontem de manhã estivemos num mercado aqui em Pohnpei, Micronésia, porque precisávamos comprar vegetais frescos pro nosso piquenique do dia. No mercado, me deparei afinal com uma variedade enorme de bananas que existe na ilha. Nosso amigo que está nos hospedando nos explicou, então, que em Pohnpei são cultivadas 26 diferentes variedades de bananas. Chequei a informação depois e são na relaidade mais de 50 cultivares diferentes! Mas nenhuma delas é tão “famosa” quanto a banana Karat, da foto abaixo.

Banana Karat - Micronésia
Cachos de banana karat no mercado de Pohnpei, na Micronésia.

A banana nota A

Bananas são uma excelente fonte de vitamina A, devido a presença de procarotenóides. Pois as bananas Karat de Pohnpei são as mais ricas nesse beta-carotenóide no mundo. Portanto, são as bananas mais ricas em vitamina A existentes. Um estudo de 2006 analisou as bananas Karat e chegou também à conclusão de que são bananas ricas em riboflavina (vitamina B2), em concentração tão alta que apenas uma banana já é suficiente para suplantar as necessidades diárias de vitamina B2 de uma pessoa. A riboflavina, por causa do auxílio na absorção de ferro, pode ajudar a aliviar índices de anemia na população, por exemplo.

Gosto da banana karat

Depois de um post sobre a viagem à Micronésia, o Roberto Takata me perguntou no twitter se o gosto da banana karat era parecido com as variedades cultivadas no Brasil. Respondi que não, o gosto era bem distinto, nada doce. Também comentei que esta banana não dava pra descascar como a banana comum, porque a casca dela era muito grossa e rígida. Além disso, aproveitei para mencionar a bizarrice do quão estupidamente amarela esta banana era por dentro, provavelmente pela riqueza em carotenóides.

Eis uma foto da banana karat, aquela que é super-amarela por dentro. Sem Photoshop algum, devo mencionar. O xixi depois também fica super-amarelo, acredite em mim. 😀

Banana karat cortada - amarela
Amarelo intenso da banana karat.

Sobre a variedade karat

Essas bananas têm essa aparência um pouco estranha porque elas são do tipo Fe’i. Ou seja, para os cientistas de plantão do blog, elas pertencem ao gênero Australimusa). Este tipo de banana cresce em certas áreas e ilhas do Pacífico, como Tonga, Papua Nova Guiné, Indonésia, Fiji, Samoa, Ilhas Salomão, Taiti e Ilhas Cook. As Karat, por sua vez, são um subtipo que crescem especificamente nos Estados Federados da Micronésia. E são uma das comidas mais importantes – e favoritas – da população de Pohnpei.

Pelo menos deficiência de vitamina A não deve ser um problema por aqui…

Depois de tanta informação benéfica sobre as Karat, fiquei com vontade de provar uma. E é hora do café da manhã aqui em Pohnpei. Então… Vai uma banana Karat aí?

Tudo de bom sempre.

 P.S.

  • No mercado, também encontramos um moleque micronésio com uma camisa do Flamengo. É impressionante como até nos lugares mais remotos do planeta a poluição visual e ambiental já chegou… 😀 (Fluzão tricolor do coração!!!)

Seguros Promo



606
×Fechar